Repórter da Globo é atropelado ao vivo por carro de polícia

Jornalista acabou passando por apuros em transmissão ao vivo da Globo.

Trabalhar na televisão nem sempre é uma tarefa fácil. A situação, por vezes, acaba complicando a vida de muitas pessoas. O jornalista Rinaldo Moreira, por exemplo, acabou passando por situações inusitadas. O profissional estava ao vivo para a Rede Amazônica falando sobre a apreensão de um idoso por problemas com a sua habilitação, quando um outro acidente de trânsito ocorreu e Rinaldo acabou virando notícia. De acordo com informações do UOL, em matéria publicada nesta terça-feira (6), um carro de polícia acabou atropelando o profissional. 

Repórter passa apuros ao ser atropelado por viatura de polícia

O jornalista estava fazendo um link ao vivo para o 'Jornal de Rondônia - 1ª edição', quando um carro da polícia, que dava marcha ré, acabou atropelando ele. Gabriela Cabral, que ancorava o noticioso durante a situação, percebeu que tudo estava realmente ruim e tratou de pegar o link de volta. Mesmo assim, ela causou grande apreensão entre aqueles que acompanhavam o telejornal da Rede Globo de Televisão, especialmente em relação a tudo o que acontece. 

Jornalista da TV Globo sofre susto e é atropelado por veículo da polícia

Rinaldo Moreira estava falando sobre a prisão de um idoso, que tentava renovar a carteira de habilitação falsa. Ele foi empurrado para fora do ângulo da câmera por um carro da polícia que estava na marcha à ré e não percebeu a presença do repórter da televisão brasileira. Nas redes sociais, muita gente ficou abalada com a situação. Alguns prestaram comentários sobre o tema. "Meu Deus, acabou de ver um repórter ao vivo ser atropelado. Será que ele está bem", disse um internauta. 

Apesar da situação inusitada, o repórter nada mais sofreu do que o susto e ter visto o seu nome ir parar na internet por ter sido atropelada ao vivo. 

Globo é detonada por campanha 'O Brasil que eu Quero'

Recentemente, a Globo começou uma campanha em seu jornalismo pedindo aos telespectadores que enviassem vídeos respondendo à seguinte pergunta "qual é o Brasil que eu quero?". A campanha é até hoje atacada nas redes sociais. 'oi, meu nome é luara e o  brasil  que  eu quero para o futuro é um  brasil onde o exo venha fazer tour de resto tá tudo ótimo, obrigada', disse um internauta. 

"O  Brasil  que  eu quero para mim no  Brasil eu desliguei que era o que é meu é o  Brasil onde as pessoas fiquei feliz porque o seu vizinho conseguiu um carro novo, Onde quem bebe  VaiDeUber ou  PedeUm99 mas não mata seu semelhante porque acha que com ele nunca vai acontecer!", disse mais um. 

Deixe seu comentário. 

Artigos Recomendados