Passageiro veste 8 calças e 10 camisas para não pagar taxa de bagagem, mas é barrado em voo...

Erasmo|2018-02-01

Um homem tentou, sem sucesso, viajar em um voo de Keflavik, na Islândia, para Londres, na Inglaterra, vestindo oito calças e dez camisas ao mesmo tempo para evitar pegar por excesso de bagagem. ...

Ryan Carney Williams, mais conhecido como Ryan Hawaii, comprou passagem para viajar na última quarta-feira do aeroporto de Keflavik. A companhia aérea British Airways, no entanto, recusou a entrada do rapaz no voo.

Um funcionário impediu Hawaii de ingressar no voo com tantas camadas de roupa. O rapaz ficou furioso e reclamou nas redes sociais, insinuando, inclusive, que a decisão da companhia aérea pudesse ser uma atitude racista. 

A British Airways negou que o incidente tenha tido relação com a raça do passageiro.[

"Nossa decisão de negar o ingresso do passageiro não foi absolutamente baseada em raça. Nós não toleramos ameaças ou comportamento abusivo por parte de qualquer cliente e sempre iremos tomar as ações necessárias", afirmou uma port.

"Nossa decisão de negar o ingresso do passageiro não foi absolutamente baseada em raça. Nós não toleramos ameaças ou comportamento abusivo por parte de qualquer cliente e sempre iremos tomar as ações necessárias", afirmou uma port.